5 (100%) 1 vote

Curiosidades – Akita Inu

Akita Inu (ou simplesmente Akita Japonês) é uma raça de grande porte e tem sua origem no Japão. A origem desta raça remete a cerca de 3000 anos e eram usados, inicialmente, como cães de briga e, posteriormente, passaram a ser considerados excelentes cães de guarda.

Originalmente, a raça era conhecida como “Odate”, porém, devido às brigas de cães, eram frequentemente levados à província de Akita, o que mudou a nomenclatura. Com a queda do interesse em lutas de cães, o Akita acabou ficando um pouco de fora da onda de mestiçagem com raças de cães. Isto fez com que a raça permanecesse mais pura.

Na primeira metade do século XX, mais ou menos em 1930, ocorreu uma mistura do Akita com o Pastor Alemão, dando origem a uma nova raça: O Akita Americano. Essas raças eram frequentemente conhecidas apenas como Akita, como se fossem uma raça única.

Características

Este cão atrai muitos fãs por todo o mundo, seja por sua aparência de “urso” ou por sua postura imponente. Seus pelos possuem coloração avermelhada e, ao mesmo tempo que lembra um urso, lembra uma raposa. Sua expectativa de vida varia de 10 a 12 anos.

Além disso, é um cachorro que aparenta ser menos brincalhão, o que dá um toque extra de personalidade à espécie. Mas não se engane! Quando está bebendo água, ele é capaz de fazer bastante bagunça!

O tamanho médio do Macho é de 63 a 71 cm e o peso fica entre 38 e 58 kg. As fêmeas, um pouco menores variam de 58 a 65 cm e pesam de 29 a 50 kg.

Temperamento do Akita

Sua imagem de excelente cão de guarda vem de seu temperamento corajoso e independente. Ele é muito atencioso com sua família e se demonstra bastante devotado. Não é uma raça ideal para todas as pessoas, mas é um excelente companheiro, principalmente por ser paciente, leal e disciplinado.

Cuidados Com o Akita

O Akita, assim como outros cães de grande porte, o Akita gosta de exercícios, físicos e mentais. É necessário criar algumas oportunidades para ele correr em área segura ou fazer caminhadas mais longas. Com bastante exercício e treinamento, ele pode se adaptar bem ao ambiente doméstico, ficando mais tranquilo. Desde que seja mantida a rotina de exercícios, é possível criar um Akita em uma casa menor ou em um apartamento.

 

Seus pelos precisam ser escovados, ao menos, uma vez por semana – para remover os pelos mortos. Durante o processo de perda de pelos, o ideal é aumentar a frequência. Eles gostam de se manter limpos e, por sinal, se limpam sozinhos. Sua pele possui um olho que auxilia na manutenção da sua higiene. Um banho mensal é suficiente.

Os problemas de saúde mais comuns que podem ocorrer são a Displasia de Quadril, Atrofia Progressiva da Retina, Displasia de Cotovelo e Torção Gástrica. Por isso, geralmente, o foco nos exames deve estar no quadril, cotovelos e olhos do cão.

Em suma, é um cão relativamente popular no Brasil e esta popularidade vem crescendo nos últimos anos. Para adquirir um Akita, os preços podem variar de 350 a 2000 reais, dependendo da linhagem do cão.

 

E você tem um cachorro? Deixe aí suas dicas para quem quer ter um cachorro da raça Akita Inu

Comentários

comments